Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Historias de um Deus que Ama’ Category

É loucura…

Odiar todas as rosas porque uma espetou o seu dedo…
Perder a em todas as orações porque numa você não foi atendido…
Desistir de todos os esforços, porque um deles fracassou…
Condenar todas as amizades porque uma te traiu…
Descrer de todo o amor porque um deles foi infiel…
Jogar fora todas as tentativas de ser feliz, porque uma tentativa não deu certo!
Espero que na sua caminhada não cometa essas loucuras…

Lembrando que sempre:
Há uma outra chance,
Uma outra amizade,
Um outro amor,
Uma nova força,
É só ser perseverante e procurar ser mais feliz a cada dia
A glória não significa “nunca” cair, mas em erguer-se toda vez que for necessário!

Anúncios

Read Full Post »

08A Pedra


O distraído nela tropeçou…
O bruto a usou como projétil.
O empreendedor, usando-a, construiu.
O camponês, cansado da lida, dela fez assento.
Para meninos, foi brinquedo.
Drummond a poetizou.
Já, Davi, matou Golias, e Michelangelo extraiu-lhe a mais bela escultura…
E em todos esses casos, a diferença não esteve na pedra, mas no homem!
Não existe “pedra” no seu caminho que você não possa aproveitá-la para o seu próprio crescimento.
Independente do tamanho das pedras, no decorrer de sua vida. não existirá uma, que você não possa aproveitá-la para seu crescimento espiritual. Quando a sua pedra atual, tenho certeza que Deus irá te dar sabedoria, para mais tarde você olhar para ela, e ter orgulho da maravilhosa experiência que causou em sua vida, no seu crescimento espiritual.

Abençoado dia pra você!!!

Autor Desconhecido


Read Full Post »

A VELHA E OS VASOS

01

Uma velha senhora chinesa possuía dois grandes vasos,

cada um

suspenso na extremidade de uma vara que ela carregava nas costas.

Um dos vasos era rachado e o outro era perfeito.
Este último estava sempre cheio de água ao fim da longa caminhada da torrente até a casa, enquanto aquele rachado

chegava meio vazio.

Por longo tempo a coisa foi em frente assim, com a senhora que chegava em casa com somente um vaso e meio de

água.

Naturalmente o vaso perfeito era muito orgulhoso do próprio resultado e o pobre vaso rachado tinha vergonha do seu

defeito, de conseguir fazer só a metade daquilo que deveria fazer.

Depois de dois anos, refletindo sobre a própria amarga derrota, falou com a senhora durante o caminho:
‘Tenho vergonha de mim mesmo, porque esta rachadura que eu tenho me faz perder metade da água durante o caminho até a sua casa…’

A velhinha sorriu:

‘Você reparou que lindas flores tem somente do teu lado do caminho?
Eu sempre soube do teu defeito e portanto plantei sementes de flores na beira da estrada do teu lado e todo dia, enquanto a gente voltava, tu as regavas.

Por dois anos pude recolher aquelas belíssimas flores para enfeitar a mesa.
Se tu não fosses como és, eu não teria tido aquelas maravilhas na minha casa.

Cada um de nós tem o próprio específico defeito.
Mas o defeito que cada um de nós tem é que faz com que nossa convivência seja interessante e gratificante.

É preciso aceitar cada um pelo que é e descobrir o que tem de bom nele.’

Read Full Post »

jesus

O Barbeiro

Um homem como de costume foi ao barbeiro cortar o cabelo e fazer a barba.
Como eram conhecidos, o barbeiro e o cliente, enquanto o serviço era executado conversavam sobre diversos assuntos ate que o barbeiro comentou:
– Deus não existe!
O cliente surpreso, perguntou:
– Como e que e? Deus não existe?
E o barbeiro argumentou:
– Isso mesmo que você ouviu. Deus não existe! Vejo todos os dias na televisão crianças passando fome, vivendo na miséria, políticos roubando impunemente, inocentes morrendo de maneira bárbara e tantas outras coisas revoltantes.
Você acha que se Deus existisse Ele permitiria tanta injustiça?
– Deus não existe!
O cliente ouviu tudo muito atento.
Enfim o corte ficou pronto e a barba estava feita, o cliente levantou-se, pagou a conta e saiu refletindo sobre tudo o que houvera escutado do barbeiro até que se deparou com um mendigo na esquina, sentado no chão com os cabelos embaraçados, batendo nos ombros e com a barba enorme ainda por fazer. Vendo isso voltou na mesma hora a barbearia e chegando afirmou:
– Barbeiros não existem!
O barbeiro ouvindo isso, não entendeu, mas o cliente reafirmou:
– Barbeiros não existem!
– Como não existem? Eu estou aqui, sou barbeiro. Você deve estar ficando doido, como você diz pra mim que eu não existo. Sou um barbeiro. Então o cliente explicou:
– Chegando à esquina vi um homem com os cabelos grandes e embaraçados e com a
barba por fazer. Se barbeiro existisse ele não estaria assim.
– Ah, eu existo, sim! O problema e que ele nunca veio ate aqui cortar o cabelo e fazer a barba.
– Pois e, disse então o cliente, Deus também existe, o problema e que as pessoas não vão ate Ele, por isso sofrem. Deus esta sempre de portas abertas todos os dias aguardando que a gente resolva arrumar nossas vidas.

Read Full Post »

Redação de Menino
Historias de um Deus que Ama
A professora pediu aos alunos que fizessem uma redação e nessa redação o que eles gostariam que Deus fizesse por eles.
À noite, corrigindo as redações, ela se depara com uma que a deixa muito emocionada.
O marido, nesse momento, acaba de entrar, a vê chorando e diz:
– O que aconteceu?
Ela respondeu: – leia. Era a redação de um menino.

“Senhor, esta noite te peço algo especial: me transforme em um televisor. Quero ocupar o seu lugar.
Viver como vive a TV de minha casa.
Ter um lugar especial para mim, e reunir minha família ao redor.
Ser levado a sério quando falo.
Quero ser o centro das atenções e ser escutado sem interrupções nem questionamentos.
Quero receber o mesmo cuidado especial que a tv recebe quando não funciona.
E ter a companhia do meu pai quando ele chega em casa, mesmo que esteja cansado.
E que minha mãe me procure quando estiver sozinha e aborrecida, em vez de ignorar-me.
E ainda que meus irmãos “briguem” para estar comigo.
Quero sentir que a minha família deixa tudo de lado, de vez em quando, para passar alguns momentos comigo.
E, por fim, que eu possa divertir a todos.
Senhor, não te peço muito…
Só quero viver o que vive qualquer televisor!”

Naquele momento, o marido da professora disse:
– Meu Deus, coitado desse menino. Nossa, que coisa esses pais”.
E ela olha e diz:
– Essa redação é do nosso filho.

Read Full Post »