Feeds:
Posts
Comentários

O pecado nos afasta de Deus…  Ele impede que a graça de Deus nos alcance em sua totalidade.

Por isso é necessário deixar o pecado.

Diga não ao pecado!       Diga Sim a Deus.

Deus te ama e está sempre com você.

Anúncios

É loucura…

Odiar todas as rosas porque uma espetou o seu dedo…
Perder a em todas as orações porque numa você não foi atendido…
Desistir de todos os esforços, porque um deles fracassou…
Condenar todas as amizades porque uma te traiu…
Descrer de todo o amor porque um deles foi infiel…
Jogar fora todas as tentativas de ser feliz, porque uma tentativa não deu certo!
Espero que na sua caminhada não cometa essas loucuras…

Lembrando que sempre:
Há uma outra chance,
Uma outra amizade,
Um outro amor,
Uma nova força,
É só ser perseverante e procurar ser mais feliz a cada dia
A glória não significa “nunca” cair, mas em erguer-se toda vez que for necessário!

Qual o presente mais  belo?

Iniciemos nosso dia perdoando todas as pessoas com as quais, de uma forma ou de outra, nos indispomos por algum motivo. É uma experiência maravilhosa, porque as nossas vias e as dos nossos irmãos ficarão livres para a graça de Deus agir largamente.

Quando perguntaram a Madre Teresa de Calcutá qual é o presente mais belo, ela respondeu sem hesitar: o perdão.

“Seja bendito o nome do Senhor, desde agora e para sempre” (Sl 113,2).

Vamos, hoje, presentear todos os nossos irmãos que precisam ser mais felizes no dia de hoje e mais alegres?

Jesus, abençoe nossa decisão de perdoar e amar.

Jesus, eu confio em vós!

Texto: Luzia Santiago

08A Pedra


O distraído nela tropeçou…
O bruto a usou como projétil.
O empreendedor, usando-a, construiu.
O camponês, cansado da lida, dela fez assento.
Para meninos, foi brinquedo.
Drummond a poetizou.
Já, Davi, matou Golias, e Michelangelo extraiu-lhe a mais bela escultura…
E em todos esses casos, a diferença não esteve na pedra, mas no homem!
Não existe “pedra” no seu caminho que você não possa aproveitá-la para o seu próprio crescimento.
Independente do tamanho das pedras, no decorrer de sua vida. não existirá uma, que você não possa aproveitá-la para seu crescimento espiritual. Quando a sua pedra atual, tenho certeza que Deus irá te dar sabedoria, para mais tarde você olhar para ela, e ter orgulho da maravilhosa experiência que causou em sua vida, no seu crescimento espiritual.

Abençoado dia pra você!!!

Autor Desconhecido


ADOTE um Padre!

“A vida dos sacerdotes sempre foi exigente. E nem poderia ser diferente, já que são chamados a continuar a missão de Cristo, o Bom Pastor. Em nossos tempos, porém, os desafios se multiplicam e exigem respostas sábias, decisões imediatas e constantes posicionamentos sobre os mais diversos temas. (…)”
padrepio
“ADOTE UM PADRE!
Dentre os sacerdotes que você conhece ou que atuam na Igreja, escolha um deles, e passe a rezar diariamente por sua santificação.

Ofereça sacrifícios para que ele exerça bem seu ministério.

De preferência, nunca lhe fale sobre isso, nem faça comentários a esse respeito com outras pessoas.

Os detalhes dessa “adoção” sejam conhecidos somente por você e pelo Bom Pastor. (…)

Fazendo isso, você estará respondendo a um apelo da Igreja, que constantemente nos recorda: ‘Todo o Povo de Deus deve incansavelmente rezar e trabalhar pelas vocações sacerdotais’. Sua resposta ao apelo de adotar um padre determinado terá uma particularidade: você não estará rezando somente pelo clero em geral, mas por um padre com um nome e um rosto, o que, certamente, motivará ainda mais suas orações, jejuns e sacrifícios. (…)”

Dom Murilo S.R. Krieger, scj (Arcebispo de Florianópolis, Brasil)
Estamos no Ano Sacerdotal. Já adotaste o teu padre? Então adota um!

bebe

“Também Eu pensei em ti antes mesmo de te chamar a vida.”

– Diário de Santa Faustina   D 1292  –

A VELHA E OS VASOS

01

Uma velha senhora chinesa possuía dois grandes vasos,

cada um

suspenso na extremidade de uma vara que ela carregava nas costas.

Um dos vasos era rachado e o outro era perfeito.
Este último estava sempre cheio de água ao fim da longa caminhada da torrente até a casa, enquanto aquele rachado

chegava meio vazio.

Por longo tempo a coisa foi em frente assim, com a senhora que chegava em casa com somente um vaso e meio de

água.

Naturalmente o vaso perfeito era muito orgulhoso do próprio resultado e o pobre vaso rachado tinha vergonha do seu

defeito, de conseguir fazer só a metade daquilo que deveria fazer.

Depois de dois anos, refletindo sobre a própria amarga derrota, falou com a senhora durante o caminho:
‘Tenho vergonha de mim mesmo, porque esta rachadura que eu tenho me faz perder metade da água durante o caminho até a sua casa…’

A velhinha sorriu:

‘Você reparou que lindas flores tem somente do teu lado do caminho?
Eu sempre soube do teu defeito e portanto plantei sementes de flores na beira da estrada do teu lado e todo dia, enquanto a gente voltava, tu as regavas.

Por dois anos pude recolher aquelas belíssimas flores para enfeitar a mesa.
Se tu não fosses como és, eu não teria tido aquelas maravilhas na minha casa.

Cada um de nós tem o próprio específico defeito.
Mas o defeito que cada um de nós tem é que faz com que nossa convivência seja interessante e gratificante.

É preciso aceitar cada um pelo que é e descobrir o que tem de bom nele.’